Diogo Maia‎ > ‎

Clownrinetas

    
    Formado juntamente com o clarinetista Daniel Oliveira, o duo propõe 
uma nova possibilidade de escuta de música contemporânea, ao unir a 
performance musical com teatro e com clown. 

    O objetivo é apresentar a música de concerto contemporânea 
(música de cena, música microtonal, música eletroacústica, música aleatória, 
etc.) de maneira lúdica, a fim de formar um público jovem e instigar uma 
discussão respeito de arte e performance nos dias de hoje.




    Homenagens


    Este concerto-sarau é baseado numa obra de Belá Kovács, clarinetista e 
compositor húngaro. Na sua obra Hommages, Kovács escreve música para 
clarinete solo no estilo de compositores marcantes como J. S. Bach, M. De Falla, 
R. Strauss, entre outros. No recital os clarinetistas Diogo Maia e Daniel Oliveira 
se alternam ora na música, ora na poesia, tratando a linguagem poética como 
correspondente direta da linguagem musical.

Desta maneira Apresentamos a música de câmara para clarinete contemplando 
diversos estilos composicionais. Destacamos a linguagem característica de cada 
compositor e a relacionamos a sonoridade da linguagem falada, através da poesia.



    Clownrinetas ou Em busca da palheta mágica

    No novo espetáculo criado pelo duo, Em busca da palheta mágicaa clarineta 
é a protagonista. Apresentada em suas diversas formas, conteúdos e potencialidades 
ela assume a posição de objeto de manipulação por dois seres quase incansáveis que, 
com humor e alguma persistência, tentam dominá-la. 

    O tom épico desses clowns permite que eles realizem praticamente qualquer feito,
por mais absurdo que pareça; e desde o início, o que deveria ser simplesmente um concerto
musical vai tomando rumos inesperados e surpreende inclusive os personagens da história.




Comments