Diogo Maia‎ > ‎

Solista

    
    Como solista, Diogo Maia já teve oportunidade de participar de diversos 
concertos interessantes, dentre eles: em 2005 quando convidado para solar 
o concerto para clarinete de W. A. Mozart frente a Orquestra de Câmara da 
USP (OCAM). As apresentações se deram no Auditório do Masp, SESC Vila Mariana 
e Teatro Municipal de São Paulo, sendo os dois primeiros concertos regidos 
por Olivier Toni, e o último por Benjamin Zander (New England Conservatory).
    
    No ano seguinte Diogo venceu o I Prêmio Estímulo OCAM, patrocinado pelo 
Banco Santander. Como prêmio escolheu solar o Concertino para clarineta de 
Francisco Mignone, novamente frente a OCAM e com concertos no aditório do 
Masp e Teatro Municipal de São Paulo, desta vez sob a regência de Gil Jardim e 
Henrique Villas Boas.

    Com Henrique Villas Boas solou também frente a Orquestra sinfônica Jovem 
de Atibaia e com a Orquestra Sinfônica da UNICAMP, participando juntos de um 
projeto de arte e educação nesta universidade.


Comments